Hospital - Santa Casa de Araraquara

 

HOSPITAL

Comissões Internas

Comissões Internas

Na Santa Casa de Araraquara, os profissionais são comprometidos do atendimento às questões administrativas da instituição. Por isso, o hospital possui comissões compostas por equipes multidisciplinares com responsabilidades específicas. Os objetivos comuns são desenvolvimento da instituição, melhorias na assistência e nos processos, atenção à saúde, humanização e segurança.

 

  •  Brigada de Incêndio: responsável pela prevenção de incêndios, bem como pela orientação aos funcionários, familiares e pacientes sobre abandono de área em chamas.
  •  Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH): é responsável pelas ações relacionadas ao controle e à prevenção de infecções no serviço oferecido.
  •  Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA): previne acidentes e doenças decorrentes do trabalho e incentiva as práticas de cuidado.
  •  Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT): é responsável por fazer a abordagem às famílias de potenciais doadores e organizar os processos de captação de  órgãos no hospital.
  •  Curativos: responsável pela avaliação clínica, eliminação dos fatores desfavoráveis que retardam a cicatrização e diminuição de infecções cruzadas.
  •  Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional (EMTN): é responsável por monitorar as solicitações de avaliação do estado nutricional dos pacientes.
  •  Ética de Enfermagem: é responsável por ações educativas sobre a conduta de enfermagem.
  •  Ética Médica: é responsável por prevenir erros médicos por meio de ações educativas, fiscalizações e indicadores.
  •  Gerenciamento de Resíduos: é responsável por monitorar o descarte dos resíduos e aplicar ações educativas.
  •  Gestora Multidisciplinar: responsável pela orientações e prevenção de acidentes com perfurocortantes.
  •  Grupo de Trabalho de Humanização (GTH): é um dispositivo da Política Nacional de Humanização, responsável por ações de valorização dos trabalhadores e usuários.
  •  Integração dos novos colaboradores: é responsável por apresentar as práticas e regras dentro da instituição.
  •  Óbitos: é responsável por analisar documentos médicos e investigar as causas que levaram o paciente a óbito.
  •  Padronização: é responsável pelo desenvolvimento e supervisão das políticas e práticas de seleção e uso de medicamentos, e pela qualidade e uso de materiais e equipamentos.
  •  Prontuário Médico: é responsável por melhorar a qualidade dos registros e anotações necessárias ao prontuário clínico.
  •  Transfusional: responsável por aumentar a segurança nas transfusões sanguíneas.



ACESSO RÁPIDO